sábado, 4 de junho de 2011

Ele não era nada do que eu sonhava, mas era muito mais do que eu precisava. Tinha muitos defeitos, mas eu sempre achava coisas boas por trás de cada um deles. Não tinha o melhor humor, mas sempre me arrancava sorrisos. Era o mais lindo de todos, talvez não pro resto das pessoas, mas pra mim ele era e sempre seria. Não era muito bom com as palavras, mas tinha as mais belas atitudes. Não era muito de falar, mas eu o entendia perfeitamente com apenas um olhar. Pode não ter sido o primeiro menino a entrar na minha vida, mas com certeza seria o único que jamais iria sair.

Nenhum comentário:

Postar um comentário